Menu

Definição: É o ato pelo qual o Tabelião atesta que a assinatura constante de um documento corresponde àquela da pessoa que a lançou. Ou seja, é uma declaração pela qual o tabelião confirma a autenticidade ou semelhança da assinatura de determinada pessoa em um documento.

Modalidades de reconhecimento de firma: por autenticidade e por semelhança.

Por Semelhança
O tabelião confere a assinatura aposta em um documento com aquela que se encontra depositada no cadastro de determinada pessoa no Tabelionato de Notas.

Por Autenticidade
O usuário deve comparecer pessoalmente ao Tabelionato de Notas para confirmar que é mesmo dono da assinatura no documento. Depois de conferido, o tabelião irá atestar a autenticidade solicitada.

Para que serve: Para garantir que se trata de uma assinatura verdadeira, proporcionando mais segurança às partes, além de evitar possíveis fraudes contra o cidadão.

Como funciona: Munido dos documentos originais e perante o tabelião, o cidadão assinará o documento que será reconhecido em termo em livro próprio do cartório. Esse termo é a prova da consumação do ato perante o tabelião.

shutterstock_1141598741 (1)
Passo a Passo

O reconhecimento de firma garante segurança jurídica para os seus documentos e negócios. Esse ato atesta a autoria do documento e prova a existência dele, na data da autenticação.

1ª Etapa
O documento a ser reconhecido deve ser entregue ao escrevente no setor de autenticações.

2ª Etapa
O escrevente faz a análise grafotécnica entre as assinaturas. No reconhecimento por autenticidade, a presença e identificação do assinante são obrigatórias.

3ª Etapa
Caso a assinatura esteja apta, o escrevente faz o reconhecimento. O ato é feito na hora.

4ª Etapa
Compareça ao Cartório de Notas e retire o documento.